Apesar do crescimento dos PCs, vendas de placas de vídeo caem 17.5% no segundo trimestre

A empresa de pesquisa de mercado Jon Peddie Research divulgou seu relatório sobre as vendas de placas de vídeo no segundo trimestre deste ano. Apesar de ser normal uma queda neste período, as venda ficaram abaixo das expectativas, com uma retração de 17.5%, ficando 17.6% abaixo do registrado no mesmo período do ano passado.

No total, foram enviadas 11.5 milhões de unidades no segundo trimestre. A Nvidia, atual líder do segmento, foi quem mais sofreu neste período, com queda de 21% nos envios de placas. A AMD também sentiu os efeitos deste tempo ruim para os negócios, com queda de 10% nas vendas.

Desta vez, as placas dedicadas não podem colocar na conta da venda de PCs os resultados ruins. Os computadores apresentaram um crescimento de 1.3% neste trimestre, enquanto a queda em relação ao ano passado foi de discretos 1.7%.

- Continua após a publicidade -

Além da velha história das vendas de tablets e smartphones, os resultados ruins de placas de vídeo tem outro vilão: os grÁficos integrados. Com a melhora da performance das GPUs integradas no die do processador, menos consumidores tem investido nesta parte de hardware. Enquanto 63% dos PCs possuíam placas de vídeo em 2008, no último trimestre em torno de 36% possuem um hardware dedicado aos grÁficos. O uso de grÁficos integrados na nova geração de consoles e o 4K ainda não ter decolado também são fatores que não criaram uma grande demanda por placas de vídeo mais potentes, o que não tem motivado a compra de novas placas.

Fonte JPR

Assuntos
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

É melhor ter o xCloud capado no iOS ou ficar sem o serviço nos iPhones?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.