Maior usina de energia solar do mundo está queimando os pássaros que a sobrevoam

Uma visão comum no céu da Ivanpah, a maior usina de energia solar do mundo, são pequenos rastros de fumaça que aparecem do nada. Ao olhar com mais atenção, trabalhadores do local, situado no deserto de Mojave, na Califórnia, Estados Unidos, perceberam que as nuvens são geradas por pÁssaros queimados pelo raio de luz do sol, que é refletida por mais de 300 mil espelhos. A usina foi construída em parceria entre BrightSource Energy, NRG Solar e Google.

Inspetores da vida selvagem dos Estados Unidos visitaram o local e constataram que a cada dois minutos, um pÁssaro é incinerado pelos raios solares. O Centro de Diversidade Biológica dos Estados Unidos acredita que cerca de 28 mil pÁssaros devem morrer em um ano. Os animais seriam atraídos por insetos que, por sua vez, sobrevoariam o local por causa dos espelhos altamente refletivos. A BrightSource acredita que o número de pÁssaros seja de "apenas" mil e considera que seja uma perda pequena perto dos benefícios que a usina irÁ trazer quando estiver a pleno funcionamento.

Nesta semana, porém, a empresa divulgou que vai investir US$1,8 milhão na castração e neutralização de gatos, que matam milhares de pÁssaros anualmente. JÁ a NRG Energy disse que estÁ trabalhando em métodos para afastar os pÁssaros da região, como os utilizados em aeroportos, além de luzes de LED anti-pÁssaros.

- Continua após a publicidade -

Inaugurada em fevereiro deste ano, a usina funciona com todos os mais de 300 mil espelhos apontados para caldeiras de Água que ficam no topo de torres espalhadas pelo local. A morte dos pÁssaros acontece quando eles cruzam os feixes de luz entre esses dois pontos. Além de serem atraídos por insetos, biólogos dizem que os pÁssaros podem confundir os espelhos com um lago e, ao se aproximar, acabam morrendo.

Via CBC e Gizmodo.

Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

Escolha um lado:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.