Em fase de transição, Crytek quer recuperar reputação com mais jogos de qualidade

A Crytek informou estar ciente que a recente controvérsia sobre sua crise financeira danificou a reputação da produtora. Entretanto, a empresa estÁ bastante confiante de que pode reverter essa situação entregando jogos de qualidade.

"A transição para uma companhia online nos tomou mais tempo do que havíamos previsto. Essa foi a maior causa dos nossos problemas. [...] Tenho certeza de que isso tudo comprometeu nossa reputação, mas a Crytek sempre teve foco na competência que é fazer games de alta qualidade. Assim que os entregarmos talvez possamos recuperÁ-la e então as pessoas nos verão como merecemos ser vistos", disse Avni Yerli, co-fundador da Crytek em entrevista ao site MCV.  


Crise financeira

A fase de transição que a Crytek se refere à mudança de foco nos negócios da empresa. Antes uma grande desenvolvedora de jogos AAA para PC e consoles, a companhia agora irÁ focar na publicação e distribuição de games online.

- Continua após a publicidade -

Com isso, a empresa recentemente anunciou o MOBA "Arena of Fate" e vendeu os direitos de "Homefront: The Revolution" à Koch Media. Para os que jÁ perderam esperança quanto a uma continuação de "Ryse: Son of Rome", a empresa ainda tranquilizou os fãs afirmando que não cancelou os planos para a sequência, que pode também acabar saindo para PS4.

Tags
  • Redator: Andrei Longen

    Andrei Longen

    Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Andrei Longen é entusiasta por videogames desde os 7 anos, quando ganhou um Odyssey 2, seu primeiro console. Hoje tem PS4, PS3 e PS Vita e adora caçar troféus em todos os jogos. Colabora no Adrenaline com notícias, análises, artigos, colunas e vídeos.

É melhor ter o xCloud capado no iOS ou ficar sem o serviço nos iPhones?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.