Aplicativo de Tom Hanks que transforma iPad em máquina de escrever é o mais baixado na App Store

O nome de Tom Hanks parece funcionar também quando o assunto é vender aplicativos: o Hanx Writer, app criado pelo ator de Hollywood que transforma o iPad em uma mÁquina de escrever, estÁ no topo da lista dos mais baixados na App Store. O aplicativo simula perfeitamente os sons, aquele movimento que o usuÁrio tem que fazer toda vez que for começar uma nova linha e até os retornos pesados das teclas.

Porém, o aplicativo também adiciona algumas melhorias contemporâneas ao modo antigo de escrever, como a possibilidade de corrigir erros no texto (sem corretivo, claro) e também de imprimir ou compartilhar quando o usuÁrio acabar de escrever. Para quem quiser ter uma experiência hipster ainda maior, o app também tem suporte ao teclado com Bluetooth, para não precisar usar a tela do iPad.

O aplicativo, além do modelo bÁsico, também dÁ mais duas opções (pagas) de mÁquinas de escrever para o usuÁrio: a Hanx 707 e a Hanx Golden Touch.

- Continua após a publicidade -

Tom Hanks explicou, numa entrevista ao Twitter da App Store, que o aplicativo foi criado porque ele "queria a sensação de uma velha mÁquina analógica de escrever". O ator queria o som das teclas que, para ele, eram o mesmo que "música que segue o processo criativo": cada letra, cada linha teria uma melodia diferente.

Para o ator, o aplicativo pode até não ser a melhor escolha para escrever alguns textos, mas ele foi criado especialmente para notas, diÁrios e cartas de amor, "coisas que você quer fazer parecer especial". 

O aplicativo foi feito pelo próprio ator, junto com a equipe de desenvolvedores de aplicativos para iOS Hitcents. Desde a semana passada, quando ele foi lançado, jÁ recebeu cerca de 1300 reviews - em sua maioria positiva - e a nota final de 4.5 estrelas.

Quatro e meio é bem maior do que a nota do "ex-primeiro lugar da lista", o Facebook Messenger App, que, por ter obrigado os usuÁrios a baixarem o aplicativo para acessar as conversas da rede social, acabou tendo vÁrias críticas negativas e uma nota de 1 estrela.

Via Tech Crunch.

Tags
  • Redator: Luiz Menezes

    Luiz Menezes

    Estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina desde o segundo semestre de 2012 e gamer desde 1999, quando teve a oportunidade de jogar "Adventure" no Atari (mesmo não passando nem da segunda fase). Hoje é estressado com o Xbox 360 e com os ADCs noobs que sempre feedam o Draven. Trabalha na Adrenaline por causa da paixão por games e porque precisa de dinheiro para comprar consoles novos.

A Activision acertou ao colocar músicas do Charlie Brown Jr. no Tony Hawk's 1+2

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.