Facebook considera adicionar tag [Sátira] a artigos de humor para evitar confusões

Desde que pais, avós e pessoas sem muita noção em geral começaram a criar contas no Facebook, sites de humor que fazem notícias falsas cheias de sarcasmo Â– como The Onion Â– estão cada vez mais sendo confundidos com portais de notícia reais. Para resolver isso, a equipe da rede social estÁ testando uma nova tag: a [SÁtira].

A ideia não é adicionar a tag aos posts em si, mas aos títulos destes artigos humorísticos quando eles aparecerem na seção "artigos relacionados". Pelo menos parte do bom senso é mantida aqui, jÁ que segue-se a lógica de que, se a pessoa curtiu a pÁgina, ela deve saber que as notícias são falsas.

"Nós estamos realizando um pequeno teste que mostra o texto '[SÁtira]' na frente de links para artigos satíricos na Área de artigos relacionados no feed de notícias", explicou um representante do Facebook. "Isso é porque nós recebemos feedback de que as pessoas queriam maneiras mais claras de distinguir artigos satíricos de outros nessa Área".

- Continua após a publicidade -

Seja ação de trolls ou de pessoas realmente ingênuas, não é raro falsas notícias de sites de humor receberem comentÁrios sérios, de pessoas que estão ofendidas porque o conteúdo que leram não é verdadeiro. O site Literally Unbelievable compila esse tipo de resposta dos usuÁrios, trazendo até agora 262 pÁginas de pura confusão. Então lembrem-se, crianças: não é só porque algo estÁ na internet que esse algo é verdadeiro. Via Neowin e ARS Technica.

Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

É melhor ter o xCloud capado no iOS ou ficar sem o serviço nos iPhones?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.