GFX Benchmark confirma especificações high-end do Moto X+1


O tão especulado Moto X + 1 passou pelo teste do GFXBenchmark, que basicamente confirma as especificações do dispositivo. Enquanto o Moto X atual é criticado por não ter especificações verdadeiramente high-end, parece que o mesmo não vai acontecer com o seu sucessor.

Entre outras coisas, o teste confirma que o aparelho terÁ chipset Snapdragon 801, com CPU Krait quad-core de 2.5 Ghz e GPU Adreno 330. Na verdade, o GFXBenchmark registra o processador como Snapdragon 800 (como você vê na foto acima), mas esse é um erro comum. Até pela frequência, certamente o chip em questão é o 801.

Além disso, são 2 GB de Ram e 10 GB de armazenamento interno - o que provavelmente é o espaço que o Android deixa para o usuÁrio, dos 16 GB originais. A tela é Full HD (1080 x 1920) de 5.2 polegadas, fazendo dele o maior smartphone que a Motorola jÁ fez. A câmera traseira é de 12 MP, e grava vídeos até em resolução K4. JÁ a frontal é de 2 MP, e grava vídeos até em 1080p.

- Continua após a publicidade -

A expectativa é de que o Moto X+1 seja anunciado oficialmente no dia 4 de setembro, junto do Moto 360 e do sucessor do Moto G. Via GSM Arena.

Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

É melhor ter o xCloud capado no iOS ou ficar sem o serviço nos iPhones?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.