Bungie explica porque Destiny não tem multiplayer entre consoles de gerações diferentes


Enquanto você estiver jogando Destiny com outros jogadores, você estarÁ cercado de pessoas usando o mesmo console que você. É mais do que compreensível Â– e estamos acostumados com isso Â– que não haja cross-play entre os consoles de Sony e Microsoft. Mas alguns podem se perguntar porque não é possível um dono de PS4 jogar junto com seu amigo que tem um PS3. A justificativa oficial da Bungie não são as condições técnicas para conectar os consoles, mas sim o equilíbrio das partidas.

"Eu falarei pelo jogador hipotético", começa falando Roger Wolfson, engenheiro da Bungie. "Eu tenho uma desvantagem quando estou com uma sniper [jogando num console da geração passada], olhando através do mapa, porque [o meu oponente, num console de nova geração] é apenas 2 pixels na minha tela, e eu sou 4 pixels na tela dele. Você vê isso no mundo dos PCs, onde as pessoas estão sempre atrÁs da melhor placa de vídeo para ganhar vantagem.

"Independente de qual é a realidade, certamente hÁ uma percepção entre os gamers de que ter um melhor hardware significa que você terÁ uma vantagem", defende Wolfson. "Nós não queremos que você tenha que entrar nesta briga, então para criar um melhor e mais equilibrado campo de batalha, nós o separamos por plataforma".

Nessa fala, Wolfson estÁ se referindo à diferença de resolução entre PS4 e Xbox One na versão beta de Destiny Â– o console da Microsoft roda a versão de testes abaixo de 1080p, resolução jÁ alcançada no console da Sony. Por sorte, a versão final do game rodarÁ em Full HD no Xbox One.

- Continua após a publicidade -

O multiplayer cross-platform não é o recurso mais comum de se ver no mundo dos games. Em 2007, Shadowrun se tornou um dos mais conhecidos exemplos do uso desse recurso, permitindo que jogadores de Xbox 360 e PC competissem entre si. JÁ em 2011, Portal 2 permitiu que gamers de PC e PS3 jogassem a campanha cooperativa do game juntos.

Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.