Após Kinect virar opcional, vendas do Xbox One dobram


Quando a Microsoft anunciou que venderia o Xbox One sem Kinect, a reações foram, em geral, positivas. Afinal, a ausência do Kinect terão acesso recursos adicionais da GPU do console, e isso jÁ estÁ surtindo efeito: Destiny, por exemplo, agora rodarÁ em 1080p no console da Microsoft. Esse efeito foi visto nas vendas do Xbox One também, que dobraram no mês de junho, em comparação com maio.

A informação é vÁlida para o mercado dos EUA, mas possivelmente se refletiu em outros países, por causa da queda no preço Â– aqui no Brasil, o console sem Kinect sai por R$ 2 mil, em comparação com os R$ 2,3 mil do lançamento.

Os dados são referentes às vendas para consumidores, e não aos envios para lojistas. Porém, empresa diz que a informação do aumento de vendas é baseada em dados internos, e por isso não disponibiliza a quantidade exata de vendas.

Por enquanto, Xbox One segue atrÁs do PlayStation 4 nos Estados Unidos. De acordo com dados do NPD Group, o PS4 foi o console mais vendido do país pelo 5º mês seguido em maio – antes do Xbox One sem Kinect ser anunciado. Até o final da semana, a empresa deverÁ divulgar os dados do mês de junho, aí jÁ com a versão sem Kinect do console da Microsoft na briga. Via Xbox Wire e IGN.

- Continua após a publicidade -

Assuntos
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.