Dono de restaurante está processando o Google Maps por informações erradas

O dono do restaurante Serbian Crown da cidade de Washington , um italiano chamado Rene Bertagna, entrou com um processo em cima do Google por causa de informações incorretas no Google Maps. De acordo com ele, o site listou que seu estabelecimento fechava nos finais de semana e na segunda, o que não acontece. Esse erro causou a queda de 75% do movimento no sÁbado e domingo no anos de 2012 e, como consequência, Bertagna fechou as portas em abril do ano passado.

O italiano só percebeu as informações incorretas quando um cliente ligou para ele perguntando porque ele estava fechando o restaurante nos finais de semana e na segunda. Para corrigir o erro, ele contratou um consultor de internet que colocou as informações corretas; mas isso não foi o suficiente para salvar os negócios.

Bertagna culpa o Google por permitir que a listagem do Google Places sejam sabotadas e que eles não façam o suficiente para averiguar essas mudanças. O italiano disse que nunca usou o Google Maps e nem sequer a internet.

Essa não é a primeira vez que as listas são sabotadas. Centenas de hotéis tiveram suas informações trocadas no Google Maps - e também no Google+ - em janeiro desse ano, mudando seus links para um site externo. 

- Continua após a publicidade -

Qualquer um que tenha uma conta no Google+ pode mudar qualquer detalhe de uma pÁgina Google+ Local - incluindo o endereço, o número de telefone, o website oficial e o nome. UsuÁrios podem também marcar os estabelecimentos como fechados ou duplicados e mandar fotos e reviews inapropriadas (e até falsas). As mudanças são verificadas pelo Google antes de serem implementadas, mas isso não impediu que algumas informações fossem sabotadas.

Qualquer negócio pode pedir uma listagem no Google Maps e editÁ-la sem pagar nada. Se um estabelecimento ignora essa listagem, como foi o caso do Serbian Crown, os usuÁrios podem mudar os detalhes sem o conhecimento do dono.

É pouco provÁvel que o processo afete o Google de alguma maneira, jÁ que a lei estadunidense prevê que todos os provedores de serviço de internet possuem imunidade contra qualquer problema causado por conteúdo gerado por um usuÁrio. Sobre o processo de Bertagna, a empresa só disse que "o Serbian Crown não pode ter permissão para vexar o Google com reinvindicações sem sentido".

Via The Guardian.

- Continua após a publicidade -

Assuntos
Tags
  • Redator: Luiz Menezes

    Luiz Menezes

    Estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina desde o segundo semestre de 2012 e gamer desde 1999, quando teve a oportunidade de jogar "Adventure" no Atari (mesmo não passando nem da segunda fase). Hoje é estressado com o Xbox 360 e com os ADCs noobs que sempre feedam o Draven. Trabalha na Adrenaline por causa da paixão por games e porque precisa de dinheiro para comprar consoles novos.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.