YouTube começa a mostrar mensagens "culpando as operadoras" pela lentidão do vídeo

Op.. loading... op... loading... opa gan... loading... ga style 

A guerra entre sites de streaming e operadoras de internet ganha mais um movimento. O YouTube começou a exibir mensagens alertando os usuÁrios que o motivo da lentidão dos vídeos pode ser responsabilidade da operadora, e estÁ montando um "ranking" destas empresas, baseado na qualidade de transmissão de vídeos.

Os avisos surgem na base do vídeo, em uma caixa de diÁlogo azul com a frase "Experiencing Interruptions?", algo como o "sofrendo interrupções?".  HÁ um botão onde o usuÁrio pode descobrir o que estÁ causando o problema. Nesta interface, o YouTube mostra o consumo de vídeos na região e a eficiência da operadora de internet, que serão divididas em "HD Confirmado" (720p), com as que conseguem manter a transmissão em alta qualidade, e as "Definição padrão" (360p) e "Baixa Definição"(abaixo de 360p), para as que não conseguem o streaming em boa qualidade.

Operadoras de internet e empresas que trabalham com o streaming de conteúdo tem entrado em conflito por conta do alto consumo de banda que serviços como o YouTube e Netflix causam. Para as operadoras, estas empresas precisam repassar parte de seus lucros para as responsÁveis por manter a infraestrutura de rede, que são forçadas a aumentar consideravelmente seus gastos para conseguir acompanhar a demanda por conexões mais rÁpidas que estes serviços causam.

- Continua após a publicidade -

Como medida para conter este processo, algumas operadoras começaram a, propositalmente, cortar parte da performance da conexão quando identificam que estes são os serviços que estão consumindo banda. Para evitar estes gargalos, algumas estão cedendo a pressão, como o Netflix e seu acordo com a Comcast. Aparentemente, a Google seguirÁ uma estratégia diferente: irÁ avisar seus usuÁrios quais operadoras não entregam velocidade o suficiente, e deixar que os clientes façam a pressão sobre estas empresas.

 Via Digital Trends, Google

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Quem estava pior no primeiro vídeo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.