Gangue infecta 192 mil computadores com vírus que altera boletos; maioria está no Brasil

A empresa de segurança eletrônica RSA descobriu uma gangue que infectou cerca de 192 mil computadores em todo o mundo e a maioria deles estÁ no Brasil. O vírus espalhado pelo grupo por email alterava a numeração de boletos bancÁrios no momento do pagamento online e desviava os valores para a conta da gangue.

O levantamento da empresa mostra que a maioria das vítimas vive no Sudeste e 75% delas usam o sistema operacional Windows 7. Além disso, foi revelado que 94% dos emails afetados são do Hotmail e que para repassar o vírus foram roubados 83 mil emails. Ao todo, foram afetados usuÁrios de 34 bancos.

De acordo com a Info, foram gerados 496 mil boletos fraudulentos, em sua maioria com valores de até R$1.500,00. Depois de o usuÁrio informar o número do boleto correto, o vírus trocava pelo número de um dos boletos gerados pela gangue. A RSA estima que o valor total desses documentos girava em torno de R$8,5 bilhões. A empresa alerta que a demora no processamento e lentidão na navegação são indícios de infecção pelo vírus. O FBI e a Polícia Federal do Brasil investigam o caso.

Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.