Às vésperas do início da Copa, imprensa reclama de falta de conexão para a cobertura da Copa


JÁ estamos prestes a ver o início da Copa do Mundo de Futebol, e a imprensa parece estar enfrentando um desafio e tanto para realizar a cobertura da competição. Após o último treino da seleção brasileira, no Itaquerão, a imprensa nacional e internacional reclamou de um verdadeiro apagão na conectividade, um empecilho e tanto para o trabalho dos jornalistas. 

"Não funciona o sem fio, não funciona o cabo da banda larga, o 3G cai, o 4G é pouco.", relata Juca Kfouri, em post em seu blog. "A imprensa teve problemas para reproduzir o que aconteceu no campo em Itaquera, Zona Leste de São Paulo. A internet, preocupação antiga dos organizadores da Copa no local, falhou muito", relata notícia publicada pela ESPN.

De acordo com Kfouri, a tensão no final do dia ficou evidente na Área de comunicação no Centro de Imprensa no estÁdio, chegando ao ponto de Erick de La Fuente Vidal, responsÁvel pela Área de serviços de mídia, afirmar que "jamais havia trabalhado com uma equipe de TI tão ruim como a do Comitê Organizador Local (COL)".

O governo federal jÁ admitido que haverão problemas de conectividade nos estÁdios da Copa, por conta do congestionamento do trÁfego de dados. Para amenizar o problema, o governo pretendia instalar redes Wi-Fi  mas, segundo o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, isto não foi possível em diversos locais por falta de acordo entre as operadoras e os administradores dos estÁdios. O Itaquerão é justamente um dos locais onde não foi instalado a rede Wi-Fi adicional, situação parecida com a na Arena da Baixada (Curitiba), Arena das Dunas (Natal), Mineirão (Belo Horizonte), Arena Pernambuco (região metropolitana do Recife) e Castelão (Fortaleza). "No estÁdio do Corinthians, por exemplo, disseram que ainda vão instalar uma rede Wi-Fi própria e explorar este serviço comercialmente, vender para os torcedores, então na Copa não vai ter", afirmou Bernardo ao UOL.

- Continua após a publicidade -

Para quem pensa que o problema surgiu agora, não se engane: a falha de conectividade para a cobertura foi alertada com muita antecedência. A Reuters  jÁ indicava o potencial apagão na conexão vai banda larga móvel, resultado do misto de uma rede que jÁ estÁ com dificuldades de acompanhar o crescimento do mercado nacional de celulares conectados à internet e a chegada de 600 mil dispositivos trazidos pelos estrangeiros que acompanharão a Copa por aqui. Em grandes eventos internacionais anteriores, como as Olimpíadas de Inverno em Sochi e a Copa na África do Sul, de acordo com a Reuters, não houveram grandes problemas na conexão móvel.

Falta saber se todos estes problemas foram só parte do ensaio, ou realmente a conectividade serÁ o maior desafio da imprensa na cobertura da Copa do Mundo. Descobriremos hoje, às 17 horas, com a abertura da competição e o jogo Brasil e CroÁcia.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual vai ser o melhor game lançado em maio de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.