É verdade que os SSD tem limite de regravações?

Ao procurar informações sobre os SSDs, muitos usuÁrios acabam se deparando com o fato que eles possuem um limite de regravações e que, depois que o atingem, os SSDs ficam inúteis. Isso é verdade, mas não quer dizer que seja um problema grave, pois a capacidade desta tecnologia garante um longo período de uso antes de atingir este limite.{end}

Peguemos como exemplo o SSD HyperX 3K de 480GB: sua capacidade de funcionamento é de 1 milhão de horas MTBF (Mean Time Between Failures, ou intervalo entre falhas de operação) e grava até 1785TB de forma ininterrupta ou sem apresentar problemas de gravação. Desta forma, um usuÁrio que grava 40GB por dia, o que jÁ é um número bem elevado e bastante fora do padrão se consideramos um uso cotidiano, demoraria quase 135 anos para chegar no limite teórico de regravações. É praticamente impossível para usuÁrios esgotarem esse limite em uso regular desta unidade.

Pensando nesta limitação da tecnologia, e formas de expandir a durabilidade dos componentes, criou-se o recurso TRIM, uma função que melhora a performance do SSD ao impedir que o sistema delete arquivos antes de usar outros espaços disponível na unidade. Assim, ele só "regrava dados" quando toda a memória do SSD for utilizada, aumentando o tempo entre essas regravações e, portanto, a vida útil da unidade. Junto com o TRIM, existe o Garbage Collection, recurso que reorganiza os blocos de dados invÁlidos, agilizando o processo de "limpeza" dos blocos e que também aumenta o tempo entre regravações. 

O que é o recurso TRIM e para que ele serve?

- Continua após a publicidade -

Os produtos HyperX integram técnicas avançadas de nivelamento de desgaste que incorporam o algoritmo de block picking, capaz de estender a resistência e a vida útil da unidade. Este nivelamento de desgaste garante que os blocos individuais de "memória flash" sejam consumidos a uma taxa bem equilibrada, não excedendo uma diferença de 2% entre os blocos gravados com maior frequência e os gravados com menor frequência.

Outra tecnologia dos SSDs da linha HyperX são os atributos SMART (Self-Monitoring, Analysis, and Report Technology) que é padrão ATA. Essa sistema de monitoramento é usado para avaliar a "saúde" da unidade de armazenamento avisando o usuÁrio da falha iminente da unidade. Ou seja, mesmo que se passem esses 45 anos citados acima, os SSDs irão avisÁ-los antes de "morrer" para que você consiga fazer backup dos dados a tempo.

 

Assuntos
Tags
ssd
  • Redator: Luiz Menezes

    Luiz Menezes

    Estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina desde o segundo semestre de 2012 e gamer desde 1999, quando teve a oportunidade de jogar "Adventure" no Atari (mesmo não passando nem da segunda fase). Hoje é estressado com o Xbox 360 e com os ADCs noobs que sempre feedam o Draven. Trabalha na Adrenaline por causa da paixão por games e porque precisa de dinheiro para comprar consoles novos.

Qual vai ser o melhor game lançado em maio de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.