Tablet do Projeto Tango, do Google, vai vir equipado com processador Tegra K1

O Google apresentou hoje o kit de desenvolvedores para o tablet Projeto Tango, da empresa. O dispositivo vai ser equipado com processador Tegra K1, da Nvidia, que possui 192 cores de GPU programÁveis. Com tela de 7 polegadas, ele terÁ 4GB de memória RAM, 128GB de armazenamento, WiFi, BTLE e rede 4G LTE.

O tablet Tango vai rodar o sistema Android 4.4 KitKat e o diferencial dele é um conjunto de sensores como infravermelho e câmeras para perceber os espaços ao seu redor e identificar objetos, em um mecanismo parecido com o presente no Kinect, do Xbox.

Com este sistema, o tablet seria capaz de gerar modelos tridimensionais de elementos físicos, criando novas possibilidades de interação, como games que utilizam partes de sua sala para o gameplay ou o rastreamento de ambiente para profissionais conseguirem de forma Ágil criar um modelo tridimensional de salas ou objetos. Cabe agora aos desenvolvedores criarem softwares que explorem esse recurso.

O kit de desenvolvimento serÁ vendido em breve por US$1.024,00. Ainda não hÁ prazo para que ele chegue aos consumidores finais. Abaixo, um vídeo promocional do projeto.

- Continua após a publicidade -

Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

Qual vai ser o melhor game lançado em maio de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.