Intel apresenta o Devil's Canyon, com Core i7 "4 por 4" capaz de atingir 4GHz em quatro núcleos

A Intel enfim apresentou sua nova geração de processadores Haswell Refresh desbloqueados. As CPUs da linha K, codinome Devil's Canyon, foram exibidas durante uma conferência com a imprensa na Computex 2014. Entre os novos processadores estÁ o novo topo de linha Intel Core i7-4790K, o processador "4 por 4", capaz de alcançar 4.4GHz e manter 4GHz em todos seus quatro núcleos simultaneamente.

A linha Devil's Canyon foi desenvolvida em pouco tempo e com uma série de "restrições intencionais". De acordo com Lisa Graff, vice-presidente da Intel, os engenheiros iniciaram a criação destes processadores em dezembro do ano passado, e precisavam alcançar mais performance "sem mudar o sistema de resfriamento, sem alterar o socket e trabalhando com os chips existentes".

A solução encontrada para este desafio foi o NGPTIM (Next-Generation Polymer Thermal Interface Material), um novo material utilizado no encapsulamento do chip capaz de propagar melhor o calor, o que possibilitou "forçar mais" a frequência de operação dos processadores. Esta evolução trouxe um ligeiro aumento de consumo, saindo dos 84W de TDP originais da linha Haswell para 88W com os Haswell Refresh desbloqueados.

- Continua após a publicidade -

Por conta das limitações impostas no desenvolvimento destes processadores, hÁ uma vantagem interessante: placas-mãe LG 1150 disponíveis no mercado, como as com chipset Z87, são compatíveis com estes novos processadores. Os produtos chegarão ao mercado internacional por preços iguais aos praticados em seus "equivalentes" da linha Haswell tradicional.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.