ZeniMax, dona da ID Software, processa Oculus VR por "apropriação ilegal de segredos comerciais"

Depois das acusações que a ZeniMax vinha fazendo à Oculus VR de roubo de propriedade intelectual, a dona da ID Software e da Bethesda resolveu seguir em frente e processar oficialmente a empresa de realidade virtual do Facebook. A acusação, como consta no documento, é de "apropriação ilegal dos segredos comerciais da ZeniMax Media relacionados com tecnologia de realidade virtual, e infração de copyrights e marcas registradas da empresa".

O pivô da discussão é John Carmack. Enquanto ainda trabalhava na ID Software, o desenvolvedor conheceu e fez amizade com Palmer Luckey, criador do Oculus Rift. O entusiasmo dos dois no desenvolvimento do dispositivo de realidade virtual aproximou as duas companhias e, no fim, Carmack decidiu deixar a ID Software de vez e trabalhar na Oculus VR para se dedicar somente a isso. Agora a ZeniMax estÁ acusando a empresa de realidade virtual de estar usando os segredos comerciais e tecnologias disponibilizadas por ela durante a parceria das empresas. A Oculus VR continua sustentando o argumento de que todas as acusações são falsas, como John Carmack explicitou em seu tweet antes mesmo da briga ter ido para o jurídico.

O documento completo do processo pode ser visualizado aqui. Via Polygon

Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.