Intel sobe, Nvidia fica na mesma e a AMD perde terreno no mercado de chips gráficos

O primeiro trimestre costuma ser um período "frio" para as vendas de componentes para computador, após o embalo das vendas de final de ano, e 2014 não foi exceção. O mercado de GPUs sofreu uma queda de 9% em relação ao último trimestre do ano passado e, mesmo sendo comum esta queda nesta época, as vendas ficaram 3.5% abaixo do registrado no mesmo período do ano passado.

Neste cenÁrio de retração quem vem ganhando espaço é a Intel. Por conta de seus chips grÁficos integrados ao processador, algo presentes em 99% de seus produtos não voltados a servidores, a empresa foi a que sofreu menor queda nas vendas, e assim subiu de 65% para 66.8% de participação no mercado de GPUs. Quem mais sentiu a queda foi a AMD, com uma queda de 18.2% nas vendas em relação ao ano passado.

Diferença entre Q4 2013 - Q1 2014
AMD: 18.2%
Intel: 7.9%
Nvidia: 10.4%

As vendas de APUs pra desktops sofreram a maior redução, com queda de 21.9%, enquanto em notebooks a AMD conseguiu um modesto crescimento: 3.7%. Um dado importante a se considerar é que a pesquisa não inclui as vendas de consoles: com suas APUs presentes tanto no Wii U, Playstation 4 e Xbox One, algo que deve trazer um volume considerÁvel de vendas. 

- Continua após a publicidade -

O relatório conclui que a retração do mercado de computadores é - preparem-se para a surpresa - a popularidade dos tablets. Outro motivo seria a economia que anda "meio lenta" atualmente. Estes motivos vem impactando principalmente nos mercados de entrada, porém em compensação a Área de GPUs de alta performance vem garantindo que Nvidia e AMD mantenham as contas em dia.

Assuntos
Tags
gpu
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual você acha melhor?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.