Atari pretende voltar ao mercado de hardwares, mas não com consoles

O CEO e Presidente do Conselho da Atari, Frederic Chesnais, anunciou em uma entrevista com a Venture Beat, que a empresa pretende voltar à indústria de hardwares, mas que "não serÁ um novo console, mas algo como um relógio. Um relógio voltado para games. Não é o que nós iremos fazer, mas pense alguma coisa parecida com isso". 

Frederic Chesnais deu outro exemplo: "outra coisa que podemos fazer é uma jaqueta. Ela terÁ um plug-in para você poder carregar seu iPhone ou Android. Você terÁ um chip de energia solar no seu ombro para que sua bateria nunca acabe".

A Atari foi uma das primeiras empresas na indústria de games do mundo antes da quebra em 1983. Frederic Chesnais disse que pretende arriscar, porque a empresa tem chances de voltar ao mercado por ser uma "marca de geração" e uma "marca de estilo de vida". "Eu não comprei a empresa para fazer camisetas e coisas assim. Somos muito, muito, muito, melhores do que isso", disse o CEO.

Via Gamespot

Assuntos
Tags
  • Redator: Luiz Menezes

    Luiz Menezes

    Estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina desde o segundo semestre de 2012 e gamer desde 1999, quando teve a oportunidade de jogar "Adventure" no Atari (mesmo não passando nem da segunda fase). Hoje é estressado com o Xbox 360 e com os ADCs noobs que sempre feedam o Draven. Trabalha na Adrenaline por causa da paixão por games e porque precisa de dinheiro para comprar consoles novos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.