Nintendo pretende sim fazer novo hardware: consoles para mercados emergentes

O relatório das finanças da Nintendo divulgado ontem chamou, mais uma vez, a atenção da indústria para a situação não muito confortÁvel da empresa. O terceiro ano consecutivo de perdas fez com que Satoru Iwata, o cabeça da companhia, tivesse que comentar sobre os planos da nipônica para o futuro, um deles: criar consoles para mercados emergentes.

A ideia é fazer um vídeo game totalmente novo, mais barato, e não alguma versão do Wii U. "Nós queremos fazer coisas novas, com um novo pensamento, em vez de uma versão mais barata do que jÁ temos atualmente. O produto e a faixa de preço devem ser criados do zero." - Disse Iwata durante uma entrevista para a Bloomberg.

Quanto ao crescente mercado de dispositivos móveis, o chefe da Nintendo informou que a companhia ainda pretende continuar de fora, apostando em sua posição tradicional com os consoles. "O mercado de smartphones é provavelmente mais competitivo que os negócios de consoles. Nós tivemos um negócio de consoles por 30 anos, e eu não acho que nós podemos apenas transferir isso para um modelo de smartphones."

Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.