D-Link lança no Brasil a babá eletrônica BabyCam por R$ 899

Pais preocupados que estão de olho em algum gadget que ajude a cuidar de seus filhos acabam de ganhar uma opção interessante: a D-Link lançou no mercado nacional a DCS 825-L, uma câmera sem fios que atua no cuidado com bebês. O gadget serÁ comercializado pelo nome BabyCam, traz um misto de câmera de monitoramento e funções tradicionais de babÁs eletrônicas e chega ao Brasil com preço sugerido de R$ 899.


O BabyCam opera através da conexão wireless, sendo que a D-Link recomenda ao menos um roteador com a tecnologia N e uma taxa de upload a partir de 256kb/s. A câmera pode ser acompanhada através de aplicativos para smartphones e tablets ou através de um computador acessando a plataforma da empresa através do site, onde além das imagens, o usuÁrio tem acesso à configurações. O app de monitoramento estÁ disponível para os sistemas iOS, Android e Windows Phone.

O principal foco da D-Link foi facilitar ao mÁximo a instalação e uso da BabyCam. Qualquer usuÁrio sem experiência em configuração de redes é capaz de instalÁ-la, ação feita através do app em uma interface intuitiva e em português.

- Continua após a publicidade -

As imagens são transmitidas até em resolução HD, com sensor de visão noturna para situações de baixa luminosidade. A qualidade da transmissão pode variar, especialmente para os usuÁrios que realizarem a conexão através de redes móveis. Nestas situações de conexão limitada, pode haver redução de qualidade da imagem e o aumento do delay, porém a câmera ainda é capaz de exibir imagens de forma constante.

Além da imagem, a câmera também atua de outras formas. Ela possui alertas de movimento e também de choro, enviando um alerta para o smartphone quando houve movimentação na frente da BabyCam ou a criança comece a chorar. A câmera também traz um sensor de temperatura, que envia alertas caso ultrapasse patamares determinados, e é possível observar o termostato em uma luz localizada na própria câmera, que irÁ ficar azul quando a temperatura estiver muito baixa, verde quando estiver na faixa adequada configurada e vermelha caso esteja muito quente.

Outra capacidade da babÁ eletrônica é a comunicação com o bebê. De forma remota, é possível acionar os microfones e se comunicar com a criança. Outra interação disponível é ativar uma das cinco canções de ninar pré-programadas.

- Continua após a publicidade -

Além do vídeo em "tempo-real" - como este serviço se comunica com o servidor central da D-Link, sempre hÁ um delay por conta da conexão com internet - também é possível gravar vídeos de forma constante, de três formas. Com o tablet ou smartphone, o usuÁrio pode capturar algumas imagens em seu próprio gadget. Outra forma é armazenar em um cartão microSD, sendo que o BabyCam suporta cartões até 32GB. A terceira forma é adquirir o NVR D-Link Cloud, acessório que possibilita gravar de forma remota imagens de múltiplas câmeras da linha Cloud da D-Link em até dois HDs externos de 4TB cada, ou em um cartão microSD. O preço do acessório, porém, é bem salgado: serÁ vendido por R$ 599 no mercado nacional, e não incluirÁ nem HDs nem os cartões de memória.


NVR D-Link Cloud

Segurança
As babÁs eletrônicas com acesso remoto são suscetíveis a invasões, como qualquer eletrodoméstico ligado à rede. Recentemente, um hacker foi capaz de invadir um destes eletrônicos, e inclusive se comunicar com a criança através do gadget, em um caso que ficou conhecido como  "acorda nenêm", em referência a frase utilizada pelo invasor. Para lidar com este tipo de ameaça, a D-Link promete utilizar todos os padrões de segurança disponíveis, com atualizações constantes. "Enquanto outras empresas do ramo são especializadas em produtos para crianças, e assim desenvolveram suas babÁs eletrônicas, nós somos uma empresa de conectividade. Estamos acostumados a lidar com dados sigilosos e informações sensíveis de grandes corporações, e garantir a proteção dos dados", afirma FlÁvio Souza, gerente de Produtos da D-Link.

Uma das formas de garantir a segurança do sistema é a atualização constante, pensada de forma fÁcil ao consumidor. "Nas grandes empresas, temos o especialista de TI que irÁ verificar o novo firmware para os dispositivos da empresa, e atualizÁ-los um por um. Isto é indispensÁvel para garantir a segurança a novas ameaças. Para o consumidor, isto precisa ser mais simples. Assim que ele acessa o app, surgirÁ um alerta que hÁ uma atualização disponível e perguntarÁ se ele quer atualizar. Basta clicar na opção "Sim" para ter seu BabyCam atualizado com as últimas melhorias tanto em funcionalidades quanto em segurança", explica Souza.

O preço sugerido pela fabricante é de R$ 899,00 e ela pode ser encontrada em lojas especializadas de bebês e nas principais redes de varejo. Para saber mais sobre o produto consulte www.dlink.com.br/babycam.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.