Nova lei "anti-terrorismo" da Rússia pode trazer problemas para o Facebook, Skype e Gmail

O parlamento russo acaba de aprovar um documento como parte da nova lei "anti-terrorismo" do país que pode trazer sérios problemas para grandes serviços de internet estrangeiros, como o Facebook, por exemplo. O texto da nova lei exige que empresas que prestem serviços online para usuÁrios russos tenham bases de dados na Rússia.


A medida, basicamente, serve para permitir que o governo acesse os dados pessoais dos cidadãos russos na hora em que quiser. Atualmente, com as bases de dados fora, a Rússia precisa pedir permissão ao país onde eles estiverem armazenados para acessÁ-los. Uma emenda semelhante chegou a ser cogitada para o Marco Civil da Internet no Brasil, mas foi logo descartada.

Se empresas como o Facebook, a Google com o Gmail e a Microsoft com o Skype se recusarem a criar uma base de dados em solo russo, elas podem ter seu acesso completamente bloqueado. O novo texto se enquadra na lei "anti-terror" porque procura combater "material extremista", que para as autoridades possa promover violência, crueldade e/ou pornografia.

Para o documento ser completamente aprovado só falta a sanção do presidente Vladimir Putin. Via CNET

Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Em jogos single-player como Resident Evil Village, você prefere:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.