Apesar do sucesso nas vendas de consoles, AMD fecha primeiro trimestre de 2014 com prejuízo

A AMD conseguiu emplacar seu hardware nos dois principais vídeo games da nova geração. Apesar de serem empresas rivais, tanto a Microsoft como a Sony optaram por colocar chips AMD para rodar seus Xbox One e PS4, respectivamente. Mas, mesmo com o sucesso estrondoso das vendas dos consoles, a empresa fechou o primeiro trimestre de 2014 com um prejuízo US$ 20 milhões (R$ 45 milhões).

Um dos motivos disso seria o contrato pouco lucrativo que as fabricantes de vídeo games estavam dispostas a oferecer. Antes dos lançamentos dos consoles houve boatos que a Nvidia optou por não aceitar o contrato devido à pouca porcentagem que Microsoft e Sony estavam dispostas a oferecer das vendas. Isso pode estar se confirmando agora com os baixos ganhos da AMD.

Mas isso não quer dizer que a empresa não estÁ lucrando com as vendas de PS4 e Xbox One. O setor de GrÁficos e Visual da AMD, na verdade, foi o único que gerou lucros, conseguindo um crescimento de 118% em relação ao ano passado e ganhos de US$ 91 milhões (R$ 203 milhões). Isso se deve também à alta procura pelas novas placas Radeon R7 e R9.

O problema, na verdade, como aponta o VR-Zone, tem tido dificuldade da AMD de colocar seus processadores em outros mercados que estejam em rÁpida expansão. Poucos notebooks têm chips da marca e tablets, quase nenhum. O mercado de PCs, onde a empresa estÁ mais presente, continua em queda, o que causou as finanças gerais da empresa, como um todo, terminarem o trimestre em prejuízo.

- Continua após a publicidade -

Para o próximo trimestre, as expectativas da AMD em cima dos ganhos é de 3% para mais ou para menos, o que é o mesmo que dizer que a empresa espera que as finanças continuem inalteradas ainda até a metade deste ano.

Assuntos
Tags
amd
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você pesa mais quando escolhe sua plataforma para jogos?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.