Polêmica do "CEO anti-gay" faz com que o OKCupid peça aos seus usuários que não usem o Firefox

Brendan Eich, o novo CEO da Mozilla, foi o foco principal da polêmica do fim de semana. Seu apoio a uma proposta contra o casamento entre pessoas do mesmo sexo fez com que os funcionÁrios da empresa se revoltassem contra sua subida ao cargo de chefe. Agora manifestações fora da Mozilla começam com uma carta do OKCupid aos seus usuÁrios.


Um dos maiores sites de encontros do mundo, o OKCupid explica a polêmica para quem acessÁ-lo usando o Firefox e ainda sugere outros navegadores como o Chrome, o Opera e até o Internet Explorer. Na carta, os gerentes do site informam que 8% dos casais formados através do site são homossexuais e que "aqueles que tentam negar o amor e, em vez disso, incentivam a miséria, vergonha e frustração, são nossos inimigos, e nós desejamos a eles nada além do fracasso".

Clique aqui para a carta completa do OKCupid.

Falando com o CNET, um representante da Mozilla reiterou que a empresa apoia a igualdade no direito de casamento e reclamou: "o OKCupid nunca entrou em contato com a gente para nos deixar saber de suas intenções, nem para confirmar os fatos."

- Continua após a publicidade -

Um dos gerentes do site de relacionamentos, Christian Rudder, defendeu o site dizendo que a decisão não foi tomada "levianamente", uma vez que o Firefox representa 12% do trÁfego no OKCupid.

Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.