Facebook confirma plano de usar drones e lasers para levar internet a locais remotos

No começo do mês, surgiram rumores dizendo que o Facebook estava interessado em comprar uma fabricante de drones, com objetivo de usar as aeronaves para levar internet a locais remotos. A ideia – que parecia um pouco improvÁvel Â– de usar drones foi confirmada pela empresa, e faz parte da iniciativa Internet.org, que tem como objetivo levar a internet aos 2 terços que mundo que ainda não possuem acesso a ela. 


Só que, ao invés de comprar uma empresa fabricante de drones, parece que o Facebook contratou engenheiros de outros locais. A organização Â– que conta com empresas como Samsung, Qualcomm, Nokia e Ericsson, entre outras Â– disse que os engenheiros estão trabalhando no desenvolvimento de uma frota de drones movidos a energia solar.

O objetivo seria deixar esta frota voando por meses, de maneira autônoma, enquanto enviam sinal de internet. A altitude prevista é de cerca de 20 mil metros (ou 65 mil pés) – bem acima do espaço aéreo comercial Â– onde as correntes de ar e mau tempo não deverão atrapalhar tanto.

Claro que, na realização de um projeto do tipo, surgem vÁrios problemas e impasses. Para lidar com isso, o Facebook contratou especialistas da Ascenta, empresa que jÁ construiu drones movidos a energia solar, e engenheiros da NASA.

O foco é encontrar uma maneira de melhorar a transferência de dados através do ar. Para isso, estÁ sendo desenvolvido algo conhecido como "free-space optical communication" (comunicação óptica no espaço livre), que propões o uso de lasers para transmitir mensagens entre os drones, e para o solo. Se isso for possível, a tecnologia poderÁ ser usada para oferecer velocidades comparÁveis à de conexões que utilizam cabos de fibra óptica. Via The Verge.

Assuntos
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Qual o seu palpite para os preços dos consoles da próximo geração?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.