Microsoft apresenta o DirectX 12 na GDC 2014; API trará instruções de baixo nível

A Microsoft anunciou a nova versão da mais popular API para games do mundo. O DirectX 12, como previsto em rumores, irÁ ser mais leve e pronto para atuar em instruções de baixo nível, o que garante um uso mais eficiente dos recursos do sistema. Com esta novidade, a API equilibra a disputa com nova tecnologia da AMD, a Mantle, que traz como principal características esta capacidade.


A apresentação da nova tecnologia foi feita por Anuk Gosalia, Gerente de Desenvolvimento do DirectX, na Game Developers Conference (GDC) em San Franscisco, com direito a uma demonstração do game Forza Motorsports 5, do Xbox One, rodando em DirectX 12 em um PC.

Assim como observado na Mantle, a nova API traz um grande potencial de aliviar a carga sobre o processador, ao aproveitar as instruções de baixo nível e o paralelismo para explorar o potencial de processamento das placas de vídeo. Diferente das CPUs, que vem enfrentando dificuldades em aumentar a performance por núcleo, as GPUs trazem uma grande quantidade de núcleos de processamento que dependem de softwares capazes de utilizar seus vÁrios TeraFlops de capacidade.

As instruções de baixo nível, com uma comunicação mais direta entre a API e o hardware, possibilitam ações mais refinadas como o próprio software determinar quantos recursos do sistema serÁ necessÁrio. Antes, o sistema operacional intermediava esta ação, definindo quanto do potencial do computador serÁ distribuído para a aplicação. Em testes da Microsoft, o consumo de recursos da CPU foram reduzidos em até 50%.

O novo DirectX serÁ o mais abrangente até hoje, estando presente em dispositivos móveis, consoles e também nos computadores. O Xbox One receberÁ suporte ao DirectX 12, bem como chips de tablets e smartphones da Qualcomm, e como jÁ acontecia no DirectX 11, chips Nvidia como o Tegra. As placas da Nvidia, por sinal, receberão suporte ao novo DirectX em toda a geração compatível com DirectX 11, algo que automaticamente expande consideravelmente a base instalada para a API da Microsoft. Por parte da Intel, todos os chips da geração Haswell serão capazes de usar a nova API jÁ no primeiro dia que a tecnologia for disponibilizada. De acordo com a Microsoft, todos os novos PCs vendidos serão capazes de rodar DirectX 12, e 50% dos computadores gamers atuais poderão utilizar a tecnologia. Por parte da AMD, as coisas estão mais indefinidas, sendo que a empresa se limitou a afirmar que "a atual base de consumidores da AMD poderÁ se beneficiar", sem indicar claramente quais placas suportarão a nova API.

A nova API jÁ surge com uma vantagem considerÁvel sobre a Mantle, pois a tecnologia da AMD estÁ limitada a placas mais recentes baseadas na arquitetura proprietÁria GCN. Outro ponto importante do DirecX 12 serÁ seu impacto na performance do Xbox One, que vem entrando em polêmicas por não rodar games na resolução FullHD, enquanto a própria equipe da Microsoft afirma que mais games em 1080p devem surgir no sistema.

O DirectX 12 estÁ previsto para os games do final de 2015, sendo que jÁ haverão versões de testes da nova API disponíveis ainda este ano.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual o seu palpite para os preços dos consoles da próximo geração?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.