Mais uma vez, a EA foi indicada ao "Cocô de Ouro" de pior empresa dos EUA

Outro ano se passou, e estÁ virando tradição: a EA foi, novamente, indicada entre as piores empresas dos EUA em 2014. A participação da empresa na "premiação" – conhecida como Cocô de Ouro Â– jÁ estÁ se tornou algo esperado, ainda mais considerando que a EA foi eleita a pior empresa dos EUA nos 2 últimas anos.


A competição é promovida pelo blog The Consumerist, que pergunta aos seus leitores quais são as piores empresas dos Estados Unidos. Com base nessas indicações, é criada uma tabela que define as disputas entre as 32 empresas selecionadas, num formato mata-mata.

As disputas são feitas por votação, onde os leitores escolhem qual é a pior entre as duas empresas. O primeiro desafio da EA é contra a operadora de TV a cabo Time Warner. A outra empresa do ramo de tecnologia indicada neste ano é a Microsoft, que competiu no ano passado também, quando foi eliminada pela Apple.

Por pior que seja o caso da EA, talvez a pior situação de todas seja a do Bank of America. Desde 2009, o banco sempre esteve entre os 3 piores. Porém, não conseguiu sequer ser a pior empresa de todas em nenhum dos anos, e, nos últimos 3 anos, ficou sempre na 2ª colocação, perdendo para a British Petroleum em 2011, e para a EA em 2012 e 2013. Via IGN.

Brincadeiras à parte, confira os confrontos na imagem abaixo:


Assuntos
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Qual o seu palpite para os preços dos consoles da próximo geração?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.