Segunda geração do YotaPhone traz telas 5" AMOLED e 4.7" e-Ink em um único aparelho

Um dos smartphones mais excêntricos lançados recentemente chegou a sua segunda versão, na Mobile World Congress. O YotaPhone 2 une em um único aparelho uma tela de 5" do tipo AMOLED e, do outro lado, uma tela de 4.7" do tipo e-Ink, buscando conseguir o benefício das duas tecnologias em um único aparelho.

 

Equipado com o sistema Android 4.4 (codinome KitKat), o YotaPhone possui uma tela sensível a toques convencional de resolução FullHD na parte frontal, e a tela e-Ink, também sensível a toques, na parte traseira. A vantagem da tela secundÁria é que ela é capaz de mostrar informações com consumo praticamente nulo de energia, jÁ que o dispositivo só consome energia quando muda as informações exibidas.

Além de servir como forma de ver suas notificações sem precisar destravar o aparelho, a tela secundÁria também  serve para leituras mais longas, jÁ que é menos cansativo ler nesta tecnologia por ela não utilizar uma frequência constante de atualização, como nas telas do tipo LCD e AMOLED, em uma lógica parecida com a dos e-readers.

 Especificações técnicas:

- Continua após a publicidade -

  • CPU Qualcomm Snapdragon 800 2.3GHz
  • GPU Adreno 330
  • Tela 1: 5 polegadas AMOLED FullHD
  • Tela 2: .7" 960 x 540p e-Ink
  • 2GB de memória RAM
  • 32GB de memória interna
  • Bateria: 2550mAh
  • Câmera traseira: 8MP; Câmera frontal: 2MP
  • Cores: branca e preta


Outra vantagem da tela e-ink na traseira é que o YotaPhone pode entrar em um modo de economia de energia mais agressivo. Desligando a tela frontal, e utilizando apenas a tela e-ink, a autonomia sobe drasticamente. A empresa russa que desenvolve o smartphone, a Yota Devices, ainda não tem uma estimativa de quanto tempo o aparelho consegue operar neste modo, pois precisa de "meses para chegar a um número suficiente de testes". 

Ainda não hÁ informações sobre preço e disponibilidade do YotaPhone 2, nem se teremos ele por aqui no Brasil. 

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.