Alcatel mostra Smartbook, notebook conceito que funciona através do hardware do smartphone

Muitos aqui vão ficar com aquela sensação de "jÁ vi isto dar errado antes". A Alcatel exibiu um protótipo de notebook que funciona através dos componentes do smartphone, em um sistema parecido com o presente no Motorola Atrix. A diferença é que ao invés de ligar o celular via dock, o compartilhamento de recursos do smartphone é feito via wireless.

Foto: Engadget 

 

O Alcatel Smartbook faz o envio da imagem da tela via WiFi do smartphone para o notebook, enquanto os comandos são dados pelo teclado e touchpad do notebook e enviados ao smartphone via Bluetooth. O pareamento é feito via NFC, e após finalizado, você passa a ter a interface do Android na tela do notebook.

O Smartbook possui uma tela de 11" com resolução FullHD do tipo IPS, e promete autonomia de até um dia inteiro em sua bateria com em torno de 5000mAh. O protótipo não possui touchscreen, mas modelos futuros poderão incluir este recurso no notebook.

- Continua após a publicidade -

Este notebook segue a lógica do Lapdock da Motorola, sendo que recursos bÁsicos do hardware, como a CPU e memória RAM ficam "por conta" do smartphone. A vantagem para este conceito, em relação a tentativa da Motorola lÁ de 2011, é que os celulares jÁ possuem hardware bem mais robusto que o daquela época, o que deve evitar as travadas que vimos no Lapdock, e também o sistema é o Android que, apesar de não se excepcional para notebooks, é mais familiar que a estranha distribuição Linux usada pela Motorola. E aí, agora vai?

Via Engadget


 

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.