Executivo da Microsoft diz que foi erro ter recusado Rime, agora exclusivo do PS4

Phil Spencer, um dos principais executivos da Microsoft à frente do Xbox, usou o Twitter para confirmar que a empresa realmente dispensou o game indie Rime, da Tequila Works, e chegou a admitir que isso foi um erro. O jogo agora se tornou um exclusivo para o PS4.

Segundo o VG Leaks, Rime foi apresentado à Microsoft como "Echoes of Siren" e seria exclusivo para o Xbox One. A companhia, entretanto, achou o orçamento muito elevado para o risco e recusou a proposta. Os desenvolvedores então foram à Sony, que aprovou o projeto. O jogo é descrito como "Gauntlet se encontra com Minecraft, que se encontra com Jasão e os Argonautas". O gameplay consiste em sobreviver numa ilha juntando armas e recursos pela manhã e enfrentando monstros à noite. A estética, como bem reparou o IGN, lembra Ni No Kuni e até mesmo um pouco de Zelda

Spencer admitiu o que ele mesmo chamou de "erro" em dois tweets. Em um deles, ele diz que "parte do trabalho é viver com erros. Recusamos Guitar Hero... Eu posso listar muitos erros arrependido. Tento focar no que realmente lançamos." 

- Continua após a publicidade -

Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.