Facebook compra o Whatsapp por US$ 16 bilhões

O Facebook anunciou a compra do Whatsapp, pelo valor de US$ 16 bilhões. Com a compra, a empresa dona da maior rede social do mundo assume o controle do comunicador instantâneo com 450 milhões de usuÁrios ativos, e de quebra também entra em uma Área que não vem conseguindo ganhar espaço mesmo após reformulações em seus apps especializados em mensagens.

Em um comunicado oficial, Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, afirmou que o Whatsapp irÁ complementar os serviços de chat e mensagens presentes na rede social. "O Whatapp estÁ no caminho para conectar 1 bilhão de usuÁrios", afirmou Zuckerberg.

Segundo estatísticas divulgadas pelo próprio Facebook, o Whatsapp possui uma comunidade de 450 milhões de usuÁrios, com 1 milhão de novas ativações todos os dias. Destes usuÁrios, 70% usam o serviço diariamente.

Em um post em seu blog, o Whastapp afirmou que seus usuÁrios podem seguir usando o serviço sem preocupações, seja com a continuidade do serviço ou mudança na forma como opera, que "iremos permanecer autônomos e operar de forma independente. Você pode continuar a usar o serviço por um custo nominal [o valor varia de acordo com a plataforma, mas normalmente é em torno de um dólar] e pode continuar contando com o serviço que não irÁ interromper sua comunicação com publicidade".

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.