Número de prisões por pornografia infantil na internet cresceu 127% em 2013

O número de prisões em flagrante por causa de pornografia infantil na internet cresceu 127% em 2013, de acordo com a Polícia Federal (PF) e a ONG Safenet Brasil, responsÁvel por monitorar crimes e violações dos direitos humanos na web. Enquanto em 2012 foram feitas 59 prisões, em 2013 o número subiu para 134. Entram na estatística as denúncias de usuÁrios e investigações próprias da PF.

A pornografia infantil foi o tipo de crime mais denunciado em 2013. Do total de 244.174 denúncias, 80.195 eram relacionadas a essa prÁtica. O presidente da Safenet, Thiago Tavares, disse ao G1 que "essa é a prova de que a internet não é mais uma terra sem lei". Depois da pornografia infantil, os crimes mais denunciados foram de racismo (78.690 denúncias), apologia e incitação a crimes contra a vida (31.513), homofobia (15.141), intolerância religiosa (9.807), xenofobia (8.328), neonazismo (6.177) e trÁfico de pessoas (2.729).

O estudo ainda mostra que é no Facebook que estÁ o maior número de pÁginas denunciadas no Brasil por crimes na internet. A rede social teve 17.121 denúncias, o que significa 31,6% do total. O Orkut aparece em segundo com 10.503 denúncias.

Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.