Entidade revela que 4G causará interferência em TV aberta digital; filtros podem ser solução

A Anatel pretende, em agosto desse ano, realizar o leilão da faixa de 700MHz da internet móvel 4G, que atualmente usa apenas a faixa de 2500MHz. Mas o pessoal da Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão (SET) tem uma ressalva quanto a isso, jÁ que essa faixa é, hoje, usada exclusivamente para a TV aberta digital. Depois de passar 7 meses pesquisando sobre o assunto, a SET conclui que o sinal de internet 4G causa interferência na TV aberta digital.


A equipe da SET selecionou 6 modelos diferentes de televisão, que, na opinião deles, representavam melhor o mercado brasileiro. A pesquisa revelou que os modelos mais antigos são mais afetados pela interferência, e que o mesmo acontece com os modelos que possuem antena interna. No caso dos aparelhos com antena externa, a interferência acontece quando hÁ uma antena de transmissão de sinal 4G próxima.

O mesmo problema foi enfrentado por Japão e Inglaterra, quando estes países implementaram a tecnologia. Para a SET, a solução encontrada por eles pode servir de exemplo para o Brasil.

"Os resultados obtidos nos testes realizados mostram que, nos casos críticos, para preservar a qualidade da recepção do sinal de TV, é necessÁria uma combinação de diversas medidas de mitigação. Entre elas, alterações das antenas, adição de filtros nos televisores e nos transmissores LTE", explicou o presidente da SET, Olímpio José Franco. Via G1.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.