Google pode forçar fabricantes de Androids a utilizarem versões mais recentes do sistema

O Google pode forçar as fabricantes de dispositivos Android a utilizarem versões mais recentes do sistema se desejam ter acesso aos serviços como Google Apps e Play Store. A informação foi divulgada pelo site Android Police e, de acordo com a publicação, múltiplas fontes disseram que o Google quer exigir um nível mínimo de API e a versão correspondente do seu sistema móvel nos novos aparelhos.

A tabela abaixo ilustra a intenção da empresa e foi enviada para, pelo menos, uma grande fabricante de Androids. Ela mostra que a janela de certificação dos dispositivos com Android 4.1 ou inferior expirou no início deste mês. Isso significa que as fabricantes não vão poder submeter aparelhos para aprovação do Google a menos que executem a versão 4.2 ou superior.

Como lembra o Neowin, a medida não deve fazer muita diferença para grandes fabricantes e, provavelmente, deve ser para prevenir o baixo desempenho em Androids de entrada, que são comercializados com versões mais antigas e hardware menos potente. Infelizmente, isso não significa que usuÁrios com Android mais velhinho terão updates garantidos, jÁ que essa seria uma certificação para aparelhos que ainda serão lançados.

Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.