Pelo bem da Ciência, Twitter irá compartilhar dados com pesquisadores

Com uma média de nada menos que 500 milhões de tuítes por dia, o Twitter acaba virando uma gigantesca rede de informações, com dados que podem servir tanto para prever onde uma onda de gripe pode atingir a população como para ver a progressão das pessoas comemorando o ano novo. A rede social tem planos de liberar estas informações, e tudo pelo bem da Ciência.

 

A empresa estÁ iniciando o programa Twitter Data Grants, onde irÁ liberar parte de sua vasta base de dados para pesquisadores. Inicialmente, a plataforma irÁ aceitar alguns poucos cientistas, em um programa piloto. Para quem sonha em ter a gigantesca quantidade de dados da rede social disponível para seus experimentos e estudos, basta acessar este link e se inscrever até o dia 15 de março.

Além da cooperação para troca de informações, alguns participantes selecionados receberão a oportunidade de trabalhar em conjunto com os engenheiros e pesquisadores do próprio Twitter.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.