Golpe online no Brasil promete WhatsApp gratuito para PCs

Os pesquisadores do Laboratório de Pesquisa da ESET América Latina acabam de identificar um golpe online voltado a usuÁrios brasileiros. Trata-se de um e-mail, supostamente do WhatsApp, que promete o uso do aplicativo de mensagens instantâneas para o PC. Na prÁtica, o objetivo é instalar um Trojan (Cavalo de Troia) na mÁquina dos usuÁrios, voltado a roubar informações bancÁrias pessoais.

O e-mail utilizado pelos cibercriminosos oferece de forma gratuita o WhatsApp para PCs e sugere que o usuÁrio baixe o aplicativo em um link (conforme imagem abaixo) de uma mensagem.

O laboratório da ESET identificou que o suposto arquivo executÁvel – chamado "Whatsapp" – é um código malicioso, identificado como Win32/TrojanDownloader.Banload.

Uma vez executado, o sistema descarrega outro código malicioso: Win32/Spy.Banker.AALL. Trata-se de um Trojan capaz de roubar informações pessoais, especificamente, relacionadas a dados bancÁrios. Segundo os especialistas da ESET, os levantamentos demonstram que centenas de pessoas jÁ foram infectadas pelo malware.

- Continua após a publicidade -

Para Raphael Labaca Castro - Coordenador de Awareness & Research da ESET América Latina, os usuÁrios precisam ficar atentos para não cair nesse tipo de golpe. "Se a proposta é muito boa, pouco usual ou duvidosa, é conveniente desconfiar antes de dar o clique e verificar se a informação é verídica", alerta. O aplicativo WhatsApp somente pode ser usado oficialmente em smartphones (iPhone, BlackBerry, Android e Windows Phone, como consta em seu site oficial), completa o executivo.

Assuntos
Tags
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.