AMD revela detalhes sobre as APUs Kaveri na CES 2014

AMD revelou novos detalhes sobre a nova geração de unidades de processamento acelerado (APU), codinome Kaveri. Sucessor da atual linha Richland, o Kaveri chegarÁ no dia 14 de janeiro com o nome comercial A10/A8 série 7000), e necessitarão de placas mães com socket FM2+.

Com litografia em 28nm, a nova geração de APUs da AMD tem como principais destaques, a presença de núcleos x86 Steamroller e de GPU com arquitetura GCN - Graphic Core Next (Radeon R7 série 200), além de aprimoramentos, como é o caso da Arquitetura de Sistema Heterogêneo (HSA) com hUMA, que permite o acesso à memória de forma coerente entre GPU e CPU.

O hUMA certifica-se de que tanto a CPU quanto a GPU tem acesso uniforme a todo um espaço da memória, que seria feito através de sua controladora. Isso permitiria que o desempenho adicional fora da APU em caso da GPU utilizar toda a largura de banda. Além disso, o recurso permitirÁ que as memórias mais velozes resultem em melhor desempenho geral da placa grÁfica.

A geração Kaveri contarÁ com 4 núcleos multi-threaded de processamento geral x86, projetados para ampliar a eficiência computacional, aprimorar a execução de tarefas que necessitem de um único núcleo, e alimentar os cores de forma mais rÁpida em relação às gerações passadas (Piledriver e Bulldozer). Além disso, as unidades aceleradas contarão com 4MB de cache L2.

- Continua após a publicidade -

Em termos grÁficos, o Kaveri terÁ a disposição até 8 unidades computacionais GCN (512 Stream Processors), bem como suporte para o DirectX 11.2 e OpenGL 4.3, além das tecnologias proprietÁrias TrueAudio e AMD Mantle.

O modelo topo de linha serÁ o AMD A10-7850K, que "substituirÁ" o atual A10-6800K. A futura APU serÁ do tipo quad core (núcleos Steamroller) trabalhando em 3.7GHz (4GHz via Turbo Core) e GPU da série R7 200 com 512 processadores grÁficos @ 654Mhz (720Mhz em modo overclockado), resultando, em tese, em um desempenho semelhante a uma Radeon HD 7750. O poder computacional é de 856 GFLOPs. Para quem desejar mais "poder de fogo", serÁ possível acoplar uma Radeon R7 260X em CrossFire. Com TDP de 95W, a APU tem preço de pré-venda de US$ 173.

JÁ o A10-7700K é um quad-core funcionando em 3.5GHz (3.8GHz via TurboCore 2.0), Radeon com 384 Stream Processors (semelhante a uma R7 250) com clock em @ 654Mhz (720Mhz em modo overclockado). Especula-se ainda em 24 TMUs e 8 ROPs. A APU estÁ cotada por US$ 167 na forma de pré-lançamento.

Por fim, o A8-7600K, também com 4 núcleos de processamento geral x86, sendo que trabalhando em 3.1GHz (3.8GHz via TurboCore 2.0), Radeon R7 200 (provavelmente a mesma presente no 7700K, com 384 Stream Processors - semelhante a uma R7 250) com clock em @ 654Mhz (720Mhz em modo overclockado). Especula-se ainda em 24 TMUs e 8 ROPs. A APU estÁ cotada por US$ 119 na forma de pré-venda.

- Continua após a publicidade -

Em novembro, durante o AMD Developer Summit 2013, a companhia mostrou uma APU da geração Kaveri (o A10-7850K) rodando nada menos que o game Battlefield 4 rodando em resolução FullHD e qualidade grÁfica intermediÁria com FPS na casa dos 30 quadros.

Assuntos
Tags
amd
  • Redator: Filipe Braga

    Filipe Braga

    Filipe Braga é um cearense extremamente simpático formado em Ciências da Computação e apaixonado por computadores e tecnologia em geral. Também participa de reviews de hardware, especialmente placas de vídeo, processadores e placas mãe.

Você quer processadores da AMD com gráficos integrados

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.