EA quer acabar com fama de "pior empresa dos Estados Unidos"

O vice-presidente da EA Studios, Patrick Söderlund, disse que todos da empresa ficaram tristes quando descobriram que a EA foi votada pelo segundo ano seguido como a "pior companhia dos EUA", ganhando assim o prêmio "cocô de ouro". De acordo com ele, a empresa quer apagar essa imagem, e para isso, estÁ começando a ouvir mais os consumidores, e a admitir seus erros.

Patrick Söderlund acha que a empresa devia ouvir mais os consumidores, e admitir seus erros

 

"Eu não acredito por um segundo que somos a pior companhia da América", disse Söderlund, em entrevista ao site MCV. "[...] mas eu acredito que, quando algo assim acontece, você tem que sentar e se perguntar 'por que as pessoas estão dizendo essas coisas?'", completou.

"Então nós fizemos isso, e começamos a perceber que estamos fazendo coisas que as pessoas não gostam", explica. Ele dÁ o exemplo do "Online Pass". As pessoas falavam para a EA que não gostavam que ela fizesse coisas do tipo. E então Söderlund conta que a empresa pesou os prós e contras e resolveu acabar com o serviço. "Essas decisões precisam ser tomadas com base no que os consumidores querem e nos falam, e é aí que podemos ter vacilado no passado", diz.

Para Söderlund, a EA deve ser mais direta ao admitir sua culpa quando comete erros. "Você certamente vai cometer erros. Mas, quando você cometer, apenas seja claro ao comunicar que você concorda que foi um erro, e que você estÁ tomando as devidas medidas para corrigí-los", defende o vice-presidente da EA Studios. "Nenhuma pessoa ou companhia vai fazer tudo perfeito. A perfeição não existe", completa.

- Continua após a publicidade -

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Qual a sua marca de headphones/headsets para jogos preferida? - Pesquisa de Periféricos 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.