Football Manager 2013 foi baixado ilegalmente 10 milhões de vezes, inclusive no Vaticano

A desenvolvedora da série Football Manager, Sports Interactive, estima que o game Football Manager 2013 foi baixado ilegalmente cerca de 10,1 milhões de vezes. Segundo o site MCV, o jogo foi crackeado no dia 12 de maio deste ano, porém seu crack continha uma falha, que permitiu que a equipe rastreasse o endereço IP de todos que fizeram o download ilegal do jogo.

O chefe da Sports Interactive, Miles Jacobson, disse que os chineses foram o que mais baixaram FM 2013 desta maneira, com 3,2 milhões de downloads ilegais. Depois vem a Turquia, com 1,05 milhão, e Portugal, com 781 mil. Na ItÁlia, o jogo foi baixado 547 mil vezes de maneira irregular. E o mais curiosos: um desses downloads veio do Vaticano.

Mas Jacobson não acredita que cada cópia pirateada seja equivalente a uma venda perdida. "Seria ridículo pensar assim", diz. Porém ele estima que 1,74% dos "pirateiros" potencialmente comprariam o jogo, caso não houvesse um crack. Isso significa US$ 3,7 milhões a menos nos cofres da empresa. Esse dinheiro, segundo Jacobson, seria empregado na contratação de novos membros para a equipe.

Assuntos
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.