Conheça o programa de Parceiros de software Intel

A Intel procura, de vÁrias maneiras, incentivar o desenvolvimento de softwares e novas tecnologias. Para auxiliar quem tem a ideia, mas talvez não tenha os recursos necessÁrios, a empresa criou o "Espaço do desenvolvedor Intel", que faz uma parceria com desenvolvedores, buscando a otimização e a inovação em softwares. O programa funciona através de pontos, que quanto mais acumulados possibilitam maior número de recursos da Intel para usufruir.

 

- Continua após a publicidade -

Os níveis de parceria dependem do quanto o desenvolvedor se envolve com o programa. Todos começam como parceiros cadastrados, podendo ter acesso a conteúdos avançados de web. Se conseguir pontos suficientes, o desenvolvedor torna-se "Parceiro Premier", podendo ter ajuda com marketing e visibilidade do seu projeto. o "Parceiro Premier Elite" é o nível de parceria mais alto do programa. Apenas usuÁrios realmente envolvidos com ele conseguem a pontuação necessÁria para utilizar suas vantagens. O desenvolvedor desse nível tem acesso a recursos aprimorados e até mesmo um gerente da Intel para auxiliar no marketing de sua ideia.

Para a arrecadação de pontos, o usuÁrio deverÁ realizar algumas ações, como submeter um arquivo de relatória da ferramente de avaliação de software ou atualizar perfil da sua organização. As ações variam assim como varia sua pontuação agregada. Os recursos adquiridos também variam do nível de parceria, como dito anteriormente. Sendo que apenas o "Parceiro Premier" e o "Parceiro Premier Elite" têm a oportunidade de participação em eventos da Intel.

Em maio deste ano, no "The Developer's Conferece 2013", o gerente de marketing para desenvolvedores Intel, Juliano Barbosa Alves nos falou um pouco sobre o Espaço, confira:

Para se cadastrar no "Espaço do desenvolvedor Intel", basta acessar este site e completar o questionÁrio. Mais informações sobre os pontos e os recursos disponíveis no programa podem ser encontradas neste link.

Assuntos
Tags
  • Redator: Leonardo Lorenzoni

    Leonardo Lorenzoni

    Apaixonado por videogames desde que jogou Yu-Gi-Oh Forbidden Memories no Playstation e StarCraft no PC, sofre por ter nascido tão tarde e perder tanta bagagem cultural. Correndo atrás do prejuízo, divide a vida de estudante de jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) com os vícios em séries e filmes. Gosta do Batman e não gosta do Superman. Escreve notícias para o Adrenaline e tenta não chegar atrasado.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.