Hands-on: Forza Motorsport 5 (Xbox One)

Forza Motorsport 5 é um dos principais títulos de lançamento do Xbox One, console que chegarÁ no Brasil dia 22 de novembro. O jogo marca o retorno do foco em simulação da série, após Forza Horizon, lançado em 2012, ter ficado num meio termo entre arcade e simulação. Nós tivemos a oportunidade de testar o jogo, que é desenvolvido pela Turn 10 Studios, durante a BGS 2013.

A primeira coisa nítida desde o começo é a melhora nos grÁficos. Os destaques são as texturas, que estão muito mais detalhadas. JÁ a iluminação e os reflexos surpreendem pela fidelidade. Outra vantagem é que, diferentemente de Forza Horizon, o game roda na resolução 1080p e a 60 frames por segundo.

No lado negativo, hÁ alguns serrilhados que incomodam, principalmente em objetos e carros mais distantes. Além disso, esses objetos que estão longe da câmera também poderiam ter melhores texturas. Mas, tirando isso, os grÁficos são impressionantes, especialmente na câmera que fica no interior do carro. Os detalhes e as texturas do painel do carro são muito bem representados.

Havia 5 carros disponíveis para usar. Eles eram: McLaren P1 2013, Mercedes-Benz 300SL Gullwing Coupe 1954, Audi R18 e-tron quattro 2012, Ford Focus ST 2013 e a Ferrari F12berlinetta, carro que escolhemos. A única pista disponível era o tradicional circuito de Laguna Seca.

- Continua após a publicidade -

A jogabilidade traz um grande foco na simulação, mas é bastante personalizÁvel. Com isso, a empresa busca agradar desde jogadores casuais Â– que podem ligar as assistências que quiserem Â– até os mais hardcore. Começamos com a configuração padrão, a "medium", e depois colocamos no modo mais difícil, onde não havia assistência nenhuma.

Essa diferença é perceptível, pois enquanto é quase impossível rodar da maneira que estÁvamos no começo, no modo "simulação", é preciso frear com antecedência e acelerar gradualmente, ainda mais com a Ferrari F12, que tem um motor V12 de 730hp e tração traseira.

Ainda bem que os gatilhos do controle do Xbox One possuem feedback tÁtil, e Forza 5 se aproveita muito bem disso. O gatilho esquerdo vibra quando se freia o carro de maneira brusca. E quando mais forte é essa freada, mais ele vibra. O mesmo acontece com o gatilho direito, que vibra para simular a tração do motor e as trocas de marcha. Isso tudo ajuda muito a saber o que estÁ acontecendo com o carro.


- Continua após a publicidade -

Mais do que bons grÁficos, o feedback tÁtil dos gatilhos paracem ser o principal diferencial de Forza Motorsport 5 em relação aos jogos da geração passada, e até em relação aos concorrentes deste início de geração, como DriveClub, do PS4. O game poderÁ ser conferido de maneira completa no dia 22 de novembro, data de lançemento do Xbox One, pelo preço de R$ 199,00.

Assuntos
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Escolha sua arma:

Mundo Conectado

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.