LinkedIn alcança a marca de 15 milhões de usuários no Brasil

A rede profissional LinkedIn alcançou a marca de 15 milhões de usuÁrios no Brasil. O crescimento foi de 5 milhões em relação ao mesmo mês do ano passado e com esse número, o país mantém a terceira colocação em número de usuÁrios, atrÁs dos Estados Unidos e da Índia.

A rede profissional, fundada nos EUA em 2003, ganhou popularidade no Brasil em abril de 2010, quando desenvolveu sua versão em português. Neste momento, tinha cerca de um milhão de usuÁrios. Desde então, os executivos do LinkedIn dizem que o crescimento no país tem sido constante e intenso, tanto em número de usuÁrios, como em clientes corporativos.


"Todas as nossas ações são pensadas a partir da experiência do usuÁrio, pois acreditamos que o sucesso da empresa depende da confiança que eles depositem no LinkedIn. Este é um dos principais valores da companhia, chamado internacionalmente de ‘members first'. E acreditamos que a resposta positiva no Brasil deve-se em grande parte a este mútuo respeito", afirma Osvaldo Barbosa de Oliveira, diretor geral do LinkedIn Brasil.

Ele acredita que a extensa oferta de conteúdo tem contribuído para o aumento da base de usuÁrios. Hoje, mais de 300 influenciadores de indústrias escrevem periodicamente para o site e mais de 1.5 milhão de publicações compartilham o seu conteúdo na plataforma diariamente.  A rede possui mais de 3 milhões de empresas com "company pages" e os usuÁrios do LinkedIn compartilham conteúdo em mais de 2.1 milhões de grupos.

Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.