Nokia explica atraso do suporte a telas Full HD e processadores quad-core

A Nokia anunciou ontem o Lumia 1520, primeiro Windows Phone com processador quad-core e tela de resolução Full HD. Agora, a empresa veio a público explicar a demora para a chegada dessas tecnologias na sua linha de smartphones. Segundo o vice-presidente da Área de gerenciamento de softwares da Nokia, Samuli Hanninen, isso aconteceu por dois motivos: a necessidade de se trabalhar junto da Microsoft para preparar a plataforma e a tecnologia não estar disponível para eles.


"Nós também precisÁvamos trabalhar nos aplicativos", explica Hanninen. "Era necessÁrio adicionar coisas como uma coluna extra ao aplicativo de email para aproveitar ao mÁximo o espaço [da tela de 6 polegadas]", completa. Apesar disso, ele garante que, mesmo que fosse tecnicamente possível produzir um Windows Phone com esses recursos jÁ no ano passado, a empresa não faria isto.

"Você só percebe os benefícios quando usa uma tela com mais de 5 polegadas. Em displays menores, não hÁ diferença", diz o vice-presidente da Área de gerenciamento de softwares da empresa. JÁ sobre os processadores quad-core, ele disse: "você tem que aproveitar um chip de quatro núcleos ao mÁximo. Se isso for feito da maneira errada, então o aparelho vai esquentar muito", diz Hanninen. Via Techradar.

Assuntos
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Qual vai ser o melhor game de setembro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.