Chineses vendem a filha para comprar iPhone e vão parar na cadeia

Um casal de chineses identificados apenas como Zhang e Teng foram presos após venderem sua filha para obter dinheiro, com o qual adquiriram um iPhone e uma série de produtos de luxo. Conforme o Daily Mail, eles colocaram anúncios em vÁrios jornais anunciando que dariam a filha (na época, ainda em gestação) em troca de 50 mil iuans, algo em torno de R$17 mil.

O dinheiro foi depositado na conta do casal e as compras ficaram registradas no histórico de cartão de crédito. A polícia de Xangai deteve os dois, acusados de trÁfico humano. 


Zhang e Theng afirmaram aos promotores que tomaram a medida para o bem da filha, para que ela pudesse ser adotada por uma família financeiramente estÁvel, uma vez que eles estavam desempregados. Mas as autoridades acreditam que havia uma "conspiração sinistra" para que os pais pudessem aproveitar o dinheiro obtido em troca da filha, jÁ que as compras foram feitas imediatamente após a entrega da criança.

O casal teria, inclusive, escondido a gravidez de Zhang, afirmando que o volume na barriga era, na verdade, um tumor. 

Esta não é a primeira vez em que chineses se envolvem em esquemas altamente questionÁveis para comprarem produtos da Apple. Em 2011, um jovem de 17 anos chegou a vender o próprio rim para adquirir um iPad 2.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.