Estudo mostra que 22 milhões de brasileiros foram vítimas de crime virtual no último ano

Um estudo da Norton mostra que cerca de 22 milhões de brasileiros foram vítimas de algum crime virtual nos últimos 12 meses. Esses ataques tiveram um custo líquido de R$18 milhões, representando um aumento do custo médio de 50% por vítima.

"Atualmente, os cibercriminosos utilizam ataques mais sofisticados, como o Ransomware e Spear-phishing, que são muito mais lucrativos, diz Steve Trilling, Diretor de Tecnologia da Symantec. De acordo com os resultados, 49% dos consumidores usam seus dispositivos móveis pessoais para trabalho e lazer, o que permite e potencializa novos riscos de segurança para as empresas jÁ que potencializa o acesso dos cibercriminosos a informações ainda mais valiosas.

O estudo também mostra que, apesar de quase metade dos usuÁrios de smartphone se importarem com seus dispositivos e usarem integralmente, eles não os protegem. 48% dos usuÁrios de aparelhos móveis não têm cuidados bÁsicos, como a utilização de senhas e software de segurança, além da realização de backup de arquivos.

"Se fosse um teste, os usuÁrios móveis seriam reprovados", alerta Marian Merritt, Advogada de Segurança na Internet da Symantec, que anunciou os resultados. "Enquanto os consumidores protegem seus computadores, existe uma falta geral de consciência para proteger seus equipamentos móveis. É como se eles tivessem sistemas de alarme em suas casas, mas deixassem seus carros destravados e com as janelas abertas", finaliza.

- Continua após a publicidade -


Comparativo dos dados do Brasil em relação aos números globais

Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.