Brasil cai no ranking dos iPads mais caros do mundo

O Brasil sempre costumou ser conhecido por vender o iPad mais caro do mundo. Mas agora o país caiu no ranking, superado pela Argentina, segundo informações do Wall Street Journal. No país dos "hermanos", a versão de entrada do gadget, com 16GB e somente Wi-Fi, é vendida pelo equivalente a US$1.094, enquanto nos EUA ele custa US$499.

 


No Brasil, que ficou em segundo lugar na lista, o mesmo modelo custa US$791. A MalÁsia é o lugar mais vantajoso para adquirir o produto: por lÁ, ele sai por US$474.

Os preços variam, no entanto, devido a despesas de frete e viagem, restrições de importação e impostos locais.

- Continua após a publicidade -

 

Os dados foram fornecidos ao jornal pela instituição financeira CommSec (Commonwealth Securities) da AustrÁlia, que mantém o índice desde 2007 – inicialmente com os preços do iPod. O objetivo é monitorar a valorização das moedas em cada país.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

Escolha sua arma:

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.