Bill Gates admite que "CTRL+ALT+DEL" foi um erro

Bill Gates, após vÁrios anos longe da Microsoft, resolveu finalmente admitir que a combinação de teclas CTRL+ALT+DEL, muito familiar aos usuÁrios de Windows, foi um erro. Em uma entrevista para arrecadação de fundos em Harvard, o co-fundador e ex-CEO da gigante ainda colocou a culpa na IBM.

 

Em versões mais antigas do Windows, o mecanismo ativava a tela de logon. Depois, passou a ser a primeira saída em casos de travamento do sistema. Gates explicou que a combinação servia, inicialmente, para evitar que outros aplicativos se passassem pela tela de logon e roubassem as credenciais do usuÁrio.

Por que não apenas uma tecla, então? "Poderia ser só uma, mas o cara que fez o design do teclado da IBM não quis nos dar esse botão", afirmou Gates. Em uma entrevista anterior, David Bradley, um dos engenheiros que trabalhou no primeiro IBM PC, admitiu a autoria da combinação. "Posso ter inventado, mas foi Bill que a deixou famosa", declarou.

- Continua após a publicidade -


 

Apesar das controvérsias, o CTRL+ALT+DEL ainda existe, inclusive no Windows 8. 

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Risa Lemos Stoider

    Risa Lemos Stoider

    Formada em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e gamemaníaca desde os 4 anos de idade. Já experimentou consoles de várias gerações e atualmente mantém uma ainda modesta coleção. Aliando a prática jornalística com a paixão pela tecnologia e os games, colabora com a Adrenaline publicando notícias e artigos.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.