HP lança nova geração do ultrabook Spectre e os tablets Pavilion 11 x2 e 13 x2

A HP apresentou a nova geração de seus produtos ultraportÁteis equipados com processadores Intel, o ultrabook Spectre 13 e os tablets Spectre 13 x2, Pavilion 11 x2 e 13 x2 (este último equipado com uma APU A6).


HP Spectre 13

 

Além da atualização de processador, para chips da geração Haswell, o Spectre 13 recebeu melhorias em relação a seu antecessor como uma borda da tela mais fina e um corpo inteiriço em alumínio escovado, substituindo os acabamentos em plÁstico. Além da resolução FullHD, a HP também disponibilizarÁ uma versão com resolução QHD (2560x1440). Por conta de sua atualização de CPU, a empresa promete até 9 horas de autonomia para este modelo.


HP Spectre 13 e seu touchpad com formato mais largo

Outro detalhe importante do Spectre é a mudança em seu touchpad, que ganhou um formato muito mais largo que o presente no modelo anterior, além de uma curiosa marcação nas laterais. O objetivo delas é ajudar os usuÁrios a entender a partir de onde o gesto de deslizar os dedos das laterais acionam os comandos específicos do Windows 8.

- Continua após a publicidade -

Os tablets Pavilion 11 x2 (com tela de 11") e 13 x2 (com tela de 13") também receberam uma atualização em seus chips, com o processador Atom Bay Trail no modelo menor e um APU AMD A6 no tablet maior. Ambos possuem armazenamento de 64GB em SSD, e vem em um acabamento plÁstico. Seguindo o estilo da linha Transformer, da Asus, os dois tablets podem ser ligados a um dock com teclado, bateria extra e conexões adicionais.

Tablets Pavilion 11 x2 e 13 x3 e seus docks

O último modelo apresentado segue uma "pegada" parecida da linha Pavilion, mas com um acabamento em maior qualidade. O Spectre x2 também vem no formato tablet, porém é fabricado em aço escovado e com um design semelhante ao presente no ultrabook. O hardware também é mais "parrudo", com processadores Intel Core i3 e i5, tela de 13" e armazenamento em um SSD de 128GB.


Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.