Intel mostra processador movido "a vinho" na IDF 2013

A Intel apresentou um chip conceitual de baixíssimo consumo, durante o Intel Developer Forum 2013, capaz de rodar abastecido por uma taça de vinho. Para obter a energia elétrica que põe o chip (e mais um acelerômetro) em funcionamento, a equipe do Doutor Genevieve Bell utilizou dois eletrodos que ao reagir com o Ácido acético do vinho produzem uma corrente elétrica. A lógica é a mesma de experimentos em que usam batatas ou maçãs para carregar eletrônicos (ou por a GLaDOS para funcionar).

Como se trata de um "tech demo", não foi divulgado os dados sobre o processador, como frequência de operação, e tem como principal objetivo mostrar o potencial da tecnologia, mostrando que mesmo com a pouca energia produzida pela taça de vinho, é possível manter o chip operando.

"Isto torna possível imaginar um mundo com um consumo incrivelmente baixo, mas com alta performance, ajudando-nos a fazer coisas marcantes e possibilitando manter ativo coisas com os sensores sempre ativos, comunicando e processando de forma constante, o que é necessÁrio para o futuro dos dispositivos móveis", explicou Bell.

.....

Está pensando em comprar algum produto online? Conheça a extensão Economize do Adrenaline para Google Chrome. Ela é gratuita e oferece a você comparativo de preços nas principais lojas e cupons para você comprar sempre com o melhor preço. Baixe agora.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.