Torneio de League of Legends no Irã proíbe personagens femininas

As moças em League of Legends, como na maioria dos games, usam roupas um tanto quanto "reveladoras". E isso, no Irã, é um problema. A World Cyber Games (WCG) estÁ lutando para conseguir realizar um torneio do game por lÁ e a primeira condição jÁ foi banir completamente algumas (todas) personagens femininas da batalha.


As autoridades reguladoras ainda estão considerando a possibilidade de algumas das beldades, sendo elas: Diana, Fiora, Karma (só com a skin tradicional), Kayle, Leona, Lissandra, Lulu, Lux, Nami, Quinn, Sejuani, Tristana e Vayne.

A saída da mulherada é só o começo, uma vez que o jogo não é aceito oficialmente no país e esse torneio seria uma "exceção". Então pode haver outras condições que ainda devem ser cumpridas antes dele ser realmente confirmado, para acontecer nos dias 12 e 16 de setembro. Todas essas controvérsias estão fazendo os fóruns de LoL chamarem a competição de "não-oficial", enquanto a WCG Irã garante a validade do evento (se ele ocorrer).  Via Kotaku.

Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.