Facebook vai pagar R$ 47 milhões em acordo por violação de privacidade em anúncios

Uma ação movida contra o Facebook por 5 pessoas em 2011 chegou a uma conclusão somente nessa semana, na segunda-feira. Os queixantes acusavam a rede social de violação de privacidade, por passar as informações de suas "curtidas" sem seu consentimento a publicitÁrios, em prol das "Sponsored Stories" (que fazem anúncios usando a imagem e o nome do perfil da pessoa).


Segundo a Reuters, o Facebook conseguiu aprovação do acordo que propôs, resolvendo a questão com a indenização de US$ 20 milhões e a promessa de dar aos usuÁrios mais controle sobre o conteúdo que serÁ compartilhado. Mas a rede conseguiu escapar de ter que abrir mão das "curtidas" dos menores de idade, jÁ que uma das demandas da acusação era que nenhum conteúdo de crianças e adolescentes abaixo de 18 fosse compartilhado com publicitÁrios. Apesar do Facebook não aceitar essa última parte, o juiz decidiu que o acordo de Zuckeberg, "mesmo não incorporando todos os aspectos que alguns dos queixantes possam preferir, tem um valor significativo". Estima-se que entre janeiro de 2011 e agosto de 2012, empresÁrios pagaram à rede cerca de US$ 234 milhões (R$ 558 milhões) pelas "Sponsored Stories".

Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Deve ter lançamentos como leve melhorias na mesma arquitetura

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.